Campo Grande, 30 de Outubro de 2014
Notícias
Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

Unanimidade

O conselheiro Waldir Neves foi eleito por unanimidade para ser o novo presidente do Tribunal de Contas de MS. Waldir vai comandar o TCE a parti de 1º de janeiro do próximo ano durante o biênio de 2015/2016.

Líder nato

O novo conselheiro do TCE tem uma história de serviços prestados ao Estado como homem público. Em 1991 elegeu-se deputado estadual com votação recorde e já no primeiro mandato foi vice líder do Governo na Assembleia Legislativa. Na legislatura seguinte tornou líder do PSDB na casa.

Em Brasília

Deputado atuante e polêmico, Waldir Neves ganhou espaço e o respeito dos aliados e adversários numa ferrenha oposição ao governo Zeca do PT. Já em 2006, após quatro mandatos como deputado estadual foi eleito deputado federal com quase 80 mil votos. Uma das votações mais expressivas da época.

Seriedade

Há cinco anos no TCE, Waldir Neves sempre se destacou pela sua eficiência e postura ilibada naquela Corte Fiscal que o credenciaram para o cargo de presidente. O conselheiro já anunciou que a sua gestão vai ser marcada pela qualidade na prestação dos serviços públicos, através de maior eficiência nos gastos com recursos.

Nova vaga

Logo após a eleição de Waldir Neves como novo presidente do Tribunal de Contas do Estado, o vice-presidente, conselheiro José Ricardo Cabral, confirmou a informação divulgada com exclusividade pelo site: Está disposto, sim, a se aposentar ainda este ano.

Tempo de serviço

Com 59 anos de idade, o conselheiro Cabral já tem período integral de trabalho para se aposentar, mas não completou 70 anos, que é a idade máxima do servidor público. Como só completa essa idade em 2025, fica a seu critério se aposentar agora ou não.

Duelo

No Parque dos Poderes, o líder nas apostas sobre quem herdaria a vaga de José Ricardo Cabral é o secretário estadual de Obras e amigo pessoal de André Puccinelli, Edson Giroto.

Sem noção

A prefeitura de Bonito pretende cosntruir um cemitério no municipio e escolheu um local dos melhores. Será em frente a um dos cartões postais da cidade que é o Zagaia Eco Resort Hotel. Na cidade, o comentário é que são coisas de  de "Leléco". Tudo a ver...

Jogo duro

A Câmara de vereadores pretende endurecer com o prefeito Gilmar Olarte se ele não conceder aumento aos professores.  "Ele está igual gato agarrado na cortina", disse um vereador experiente da casa.

Pacotão

O prefeito de Bandeirantes prepara um pacote de obras importantes para inaugurar nos próximos dias. Apesar de todas as dificuldades que enfrenta por conta dos precatórios o prefeito Celso Silva não deixa a cidade parar.

O Padrinho

Lembrado pela atual diretoria da OAB, o ex-presidente Geraldo Escobar foi o padrinho dos novos advogados . A cerimônia de entrega das novas carteiras da Ordem ocorreu nessa quarta-feira.

O Brasil na Mídia

O Estado MS

Tecnologia ajuda polícia a prender rapaz suspeito de estuprar jovem

Folha de São Paulo
Renan diz que Senado derrubará decreto que cria conselhos populares

O Estado de São Paulo
Dilma viaja para a Bahia para descansar após vencer eleição

Correio Braziliense
Greve de agentes da Papuda faz Secretaria cancelar visita de familiares de presos

Valor Econômico
Alckmin pedirá ajuda de Dilma para enfrentar crise da água

Estado de Minas
Lula rechaça teoria de que país estaria dividido

Jornal do Commercio
TAP pede que passageiros remarquem voos agendados para dias de paralisação

Zero Hora
Vídeo mostra que Sarney teria votado em Aécio

Intensivão

Deputado federal eleito, Zeca do PT embarca nesta quinta-feira para São Paulo, levando Dona Gilda à tira-colo. Vai passar o fim de semana na residência do ex-presidente Lula, em São Bernardo do Campo, e aproveitar para fazer um intensivão sobre o Congresso Nacional.

O guru

Zeca do PT admitiu que Lula é o seu grande guru político e que foi quem mais o apoiou para conquistar a vaga de deputado federal. Agora, busca orientações sobre o posicionamento a ser adotado no Congresso Nacional, a partir de 2 de fevereiro.

Avaliação

Já o senador Delcídio do Amaral, participou ontem em Brasília de um encontro com a presidente Dilma Rousseff e a cúpula do PT no Congresso Nacional. Na pauta esteve a avaliação do pleito eleitoral e o posicionamento a ser adotado a partir de agora pela bancada petista.

Agendado

Coordenador da atual bancada federal do Estado no Congresso, o deputado Vander Loubet (PT), agendou para a próxima terça-feira a reunião com Reinaldo Azambuja e todos os parlamentares. O encontro acontecerá em Brasília, antes da sessão do Congresso.

Novatos

Além dos deputados federais e senadores da atual legislatura, Vander e Reinaldo convidaram para o encontro a senadora eleita Simone Tebet e os deputados que vão estrear na próxima legislatura, como Zeca do PT, Dagoberto Nogueira Filho, Márcio Monteiro, Carlos Marun e Tereza Cristina Corrêa da Costa.

O concurso

Em clima de despedida da presidência da Assembleia, o deputado Jerson Domingos anunciou a realização do primeiro concurso público da história do legislativo estadual. Justificou que só deixou para agora, para não dar ao concurso público uma conotação política.

Sem legenda

Jerson Domingos também anunciou sua saída do PMDB, independente de ser indicado ou não para o Tribunal de Contas. Confessou não ter mais clima para permanecer na legenda, depois de ter apostado todas as suas fichas em Delcídio do Amaral e no PT.

Nova Mesa

Nos corredores da Assembleia Legislativa, o comentário é de que a eleição da nova mesa diretora na próxima legislatura será bem mais fácil sem a interferência de caciques como Londres Machado e Jerson Domingos.

Antiguidade

Por outro lado, há quem professe a velha máxima de que antiguidade ainda é posto, citando os experientes deputados Onevan de Matos (PSDB) e Zé Teixeira (DEM), cuja opinião terá peso bem maior nas discussões para a escolha do presidente.

Vidente

Sobre a eleição da mesa diretora, Jerson Domingos foi curto e grosso quando perguntado por uma jornalista que queria saber quem seria seu sucessor. "Não tenho bola de cristal e nem sou cigano",  disse o deputado para encerrar o assunto.

Favorito

Políticos mais experientes da casa apostam na eleição do deputado Junior Mochi. O peemedebista possui virtudes como diálogo e capacidade de aglutinação que são fundamentais para quem ocupa o cargo.

O chaveiro

Com os líderes do PSDB curtindo o descanso pós-eleitoral e a ressaca pela conquista do Parque dos Poderes, o ninho do partido entra em ebulição com boatos sobre quem será o secretário estadual de Fazenda e que ficará com as chaves do cofre.

Ouvir dizer...

Na Assembleia, partiu do próprio deputado Jerson Domingos o comentário de que ouviu dizer que Reinaldo Azambuja vai convocar o deputado federal Fábio Trad para assumir a Secretaria Estadual de Justiça. Repetindo assim um cargo que marcou a carreira de seu pai Nelson Trad.

Progressistas

A Executiva Nacional do Partido Progressista decidiu mesmo eliminar Alcides Bernal da presidência da comissão provisória regional. O ministro das Cidades, Gilberto Occhi, que estará em Campo Grande nesta sexta-feira, foi o encarregado de empossar no cargo Cesar Afonso, indicado pelo prefeito Gilmar Olarte.

Novo rumo

O Rede Sustentabilidade tende a ser o novo rumo e endereço do deputado estadual Marquinhos Trad, que está disposto a deixar o PMDB para se candidatar à Prefeitura de Campo Grande em 2016.

Opção única

Como é um partido novo, o Rede é o único caminho da Justiça Eleitoral para o deputado não perder o mandato por infidelidade partidária.

Seguidores

Ao migrar para o Rede, Marquinhos Trad terá seguidores dentro do próprio PMDB, como seu irmão Fábio Trad e seu primo, o vereador Paulo Siufi, ambos descontentes com o PMDB.

Habilitada

A saída de Marquinhos Trad do PMDB vai habilitar sua ex-cunhada e agora deputada estadual Antonieta Amorim para inserir seu nome entre os possíveis candidatos ao Paço Municipal da Capital. Seu irmão, João Amorim, assegura o financiamento da campanha.

 
 

Últimas Noticias
 
Busca
ARTIGOS
 
VÍDEOS
 
Publicidade
Comunique Mîdia © 2006 - Todos os Direitos Reservados